6 de jan de 2018

A Lição da Paciência - Eurícledes Formiga

Toda vez que se a lê,
Eu fico pensando nela:
A lição da Paciência
É um "chute na canela"...

            Toda via reconheço
            Que não há mesmo saída:
            É preciso que se aguente
            O que se apanha na vida.

A dor está para o homem
Como o dia para a noite:
Cavalo chucro não anda
Sem o incentivo do açoite...

            Sem cadinho esfogueante,
            Sofrendo tortura insana,
            O barro arrancado ao charco
            Não seria porcelana.

-"A dor é bênção de Deus..."
Tudo certo. Não discuto.
Se a semente não morre,
Não vira flor nem fruto.

       Somente peço que a dor,
        Ao se abater sobre mim,
        No intuito de aprimorar-me,
        Não se esmere tanto assim...

Sendo humano como sou,
A perfeição me apavora...
Rogo um pouco mais de tempo:
Não quero ser anjo agora!...


Livro: Hospital dos Médiuns - Carlos A Baccelli - Esp. Domingas

Nenhum comentário:

Postar um comentário