20 de dez de 2017

SONAMBULISMO MAGNÉTICO

Questão 426 do Livro dos Espíritos

O sonambulismo magnético é a mesma coisa que sonambulismo natural. As fontes desse fenômeno é que são diferentes: um é provocado pelos homens, e o outro pelos Espíritos ou, por vezes, é o auto-sonambulismo. Esse último, bem como o êxtase, é mais raro dentre os seres humanos.
No chamado sonambulismo natural, quando é provocado pelos Espíritos, é usado igualmente o magnetismo, só que os Espíritos consubstanciam o seu com o do ser humano, onde quer que se encontre. Os poderes da alma ainda escapam às mesmas almas em evolução. Somente os benfeitores da humanidade conhecem suas forças e sabem usá-las com honestidade e discernimento.
Os homens, em geral, não podem nem devem conhecer o que possuem, nem fazer uso pleno de seus poderes, porque a sua evolução não comporta isso. A força magnética é cega; a alma a comanda e ela obedece ao discernimento que o Espírito lhe queira dar. Esse chamado fluido magnético, todos o temos e usamos todos os dias. Estamos constantemente desprendendo esse fluido, que podemos chamar de bênçãos da Divindade. Nas conversações, emitimos e colhemos magnetismo. É indispensável a vigilância para não o doarmos envolvido de escória inferior.
Jesus veio instalar na Terra a escola de luz, e deixou para todos nós, como herança divina, o Evangelho. Ele nos indica os caminhos a serem tomados, porque nos ajuda a educar os nossos sentimentos. Os poderes da mente não têm limites, mas, respondemos pela sua ação. A força do pensamento é semente que passamos a semear, e respondemos pelos seus frutos; se de guerra, sofremos as guerras; se de paz, colhemos a paz no coração.
A palavra é um veículo de energia, e quem nos ouve recebe de nós fluxo e refluxo dessa matéria rarefeita e alimenta-se dela. Os animais e as plantas são vítimas deste magnetismo deturpado que o ódio nos faz emitir, mas, quando elevado, beneficiamos todos os reinos da natureza. O purificador desse fluido é o amor.
Para ficarmos carregados de magnetismo elevado, tenhamos em mente a caridade em todas as suas modalidades. Não esqueçamos o perdão, com todas as suas diretrizes, e façamos crescer a humildade na sua feição de equilíbrio. Nesse correr das virtudes, ampliemos cada vez mais nosso entendimento, pois, no esforço de melhorar, Jesus está sempre na frente, ajudando-nos a subir para os altiplanos da verdade.
O magnetismo animal é uma força poderosa, preparada pelos sentimentos. Se educarmos nossos valores internos, essa força libertar-nos-á, ajudando sem pedir colaboração e ensinando sem pretensão. Jesus foi o modelo único no Seu exemplo de como usar o magnetismo em favor dos que sofrem.
Devemos pedir a Deus e ao Cristo para nos ensinar todos os dias como usar nossas forças mentais, e trabalhar todos os momentos para não cairmos em tentações no uso negativo dos fluidos divinos, ao penetrarmos nas trevas humanas.
Vamos ter como alfaia as virtudes ensinadas e vividas pelo Mestre, que elas serão para nós motivo de segurança moral e espiritual, capazes de nos libertar de todos os males que possamos; praticar por ignorância.


Livro: Filosofia Espírita – João Nunes Maia – Miramez - Todos os livros Espíritas como este vendidos em nossa loja terão o lucro repassado à Casa Espírita de Oração Amor e Luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário