13 de out de 2017

IRMÃOS DA MESMA FAIXA

Era um hábito sem pausa...
Fosse ilusão ou capricho,
O médium Joaquim de Souza
Curtia o jogo do bicho.

Não era pessoa falsa,
Não era mau companheiro,
Demonstrava apenas fome
De dinheiro e mais dinheiro.

Na manha de cada dia,
Em pensamento profundo,
Perguntava a Irmão Rosalvo
Que lhe fora irmão no mundo...

- "Que bicho teremos hoje?"
Após ligeiro intervalo,
A voz do irmão respondia:
- "Pegue o camelo e o cavalo."
   
Joaquim seguia o conselho,
Promovia grande aposta:
Depois, vinha o resultado
Grande soma por resposta.

Chegava a manhã seguinte,
Concentrava-se com fé...
- "E hoje?" O irmão sugeria:
- "Pegue a cabra e o jacaré."

Na manhã imediata,
Joaquim regressava à treta:
- "E hoje?" O irmão informava:
- "Pegue o tigre e a borboleta."

Meses e meses passaram...
Joaquim tinha o ouro à vista,
Embora médium, subira
A grande capitalista.

Certa manhã, disse a voz:
- "Joaquim, melhore o seu taco,
Entregue tudo o que tenha
No peru e no macaco."

Joaquim atendeu, de pronto...
Pôs as somas que ajuntara
Nos dois bichos referidos
Que a voz do Além lhe apontara.

Nesse dia, entrou em prova;
Com grande consternação,
Viu que os bichos não vieram,
Vieram gato e pavão.

Joaquim errava, magoado,
Da sala para a cozinha...
Estava pobre... Perdera
A fortuna que detinha.

Ansioso, foi ao quarto,
Entrou em prece e pediu:
- "Irmão Rosalvo, esclareça!...
O que é que você viu?

Atenda! Peço socorro,
Fale, irmão!... Pois estou fraco!...
Por que o gato e o pavão
Sem peru e sem macaco?"

A voz, porém, lhe explicou:
- "Não sou o seu companheiro,
Não sou seu irmão Rosalvo,
Eu sou a mãe do banqueiro..."

Meus irmãos, temos na terra
Um trio de fel e fogo...
Tem três nomes conhecidos:
- Ambição, cachaça e jogo.


Livro: "Agência De Notícias" -  Francisco C Xavier - Jair Presente

Nenhum comentário:

Postar um comentário